“Às vezes tudo que precisamos é de 20 segundos de uma coragem insana.''
face home dash ask




+

“Não vou chorar, não vou! Vou sim me recusar a baixar a cabeça diante de uma situação ridícula como essa. Nada disso terá importância daqui a algum tempo, então porque essa tempestade toda dentro de mim? Não vou chorar por isso. Não vou chorar por ninguém, e está decidido. Já tive meus quinze minutos de colapsos, agora chega. Eu é que não vou ficar me desgastando à toa, entrando em pseudo-depressão por algo tão inútil. Tenho uma vida para viver, e planos para concretizar. […] Mas acho que nunca me senti assim, tão sozinha nesse mundo, como se todos os atalhos que eu tivesse entrado fossem os errados. Estou realmente me perguntando se existe alguém do meu lado. Estou me perguntando se posso confiar em alguém, ou se o mundo é assim mesmo, sem esperanças no final das contas. Me pergunto se a verdade está sempre escancarada nas nossas caras, e se nunca deixaremos de preferir a mentira por puro comodismo. Somos uns medrosos, é isso que somos! Medo de viver a vida como ela deve ser vivida. Medo de não ser alguém, de não ter dinheiro, de ficar presa à pessoa errada, não sei, qualquer medo. Tenho medo de ser uma idiota e acabar estragando a melhor coisa que tenho na minha vida. Mas olhe só, a cada momento eu faço isso! Quanto mais medo tenho mais parece que meu poder de errar apenas aumenta. Talvez seja um tipo de vocação, que eu odeio ter.”
nomeiodaestrada2  (via carentedesorrisos)


“A tanto tempo que não escrevo, tanto tempo que não boto pra fora o que me assombra. Hoje tive um sonho terrível, sonhei que meu pior pesadelo estava ao meu lado. Você. Você sabe que é você. Eu espero que você nunca leia isso, que você nunca saiba o quanto me assusta e ainda assombra meus sonhos. Eu ando me sentindo existencial. Não me sinto viva, vejo o tempo passar sobre meus olhos, minha vida indo embora e não consigo fazer nada além de existe, não vivo. Igual uma ampulheta - um relógio de areia - quando está chegando ao final? Quando você se preocupa com o tempo, mas não pode fazer nada, a não ser virar o relógio e ganhar mais tempo? Porém eu não posso virar minha vida para voltar no tempo. Você sugou tudo de bom que eu mantive guardadinho, para não dar a ninguém por medo de me machucar, com medo de alguém fazer exatamente o que você fez. Burro é quem ainda tem a opção de se apaixonar ou não, de se entregar não. Se eu pudesse aconselhar todos que estão amando diria em alto e bom som: Se ainda der tempo, corra.”
Nogueira  (via carentedesorrisos)

“Algumas pessoas simplesmente valem a pena.”
Tati Bernardi.     (via felicidadeadois)


“Nada acontecia como eu imaginava.”
Quem é você, Alasca? (via quoteografa)

“Somos feitos de bagunças, principalmente dentro de nos mesmos. É como se existisse furacões dentro de nós e como todos sabem, furacões tem nome de pessoas.”
O menino Charlie. (via auroriar)





“Eu queria sair de mim, entende? Eu queria voar para longe, encontrar um abismo do tamanho do meu.”
A Solidão de James. (via oxigenio-dapalavra)

“Não importa onde você parou ou em que momento da vida você cansou. Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo. É renovar as esperanças. E eu pergunto: sofreu muito nesse período? Foi a dor do aprendizado. Chorou muito? Foi a limpeza da alma. Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las. Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da tua melhora.”
Carlos Drummond de Andrade.   (via oxigenio-dapalavra)

“Todo ano, sempre que ligava no meu aniversário, meu avô me perguntava o que eu queria ser, quando crescesse. Em 1988 eu respondi “batman”; em 1991, “bombeiro”; em 1995, “ponta-esquerda do Grêmio”; em 1997, “astro de rock”; em 1999, falei “drag-queen” (em minha defesa, estava passando por um momento meio confuso, que já passou); e, em meados de 2000, eu desisti de todo aquele papo e respondi que só queria ser livre. Ele resmungou no telefone que era bobagem, isso de ser livre. Ninguém é livre.”
Gabito Nunes. (via carentedesorrisos)

theme by